Outubro é o nosso mês, mês em que comemoramos as nossas grandes e gloriosas conquistas do passado e do presente, com a graça de Deus e a boa vontade dos homens de bem.

É necessário que os jovens comerciários de hoje entendam que as nossas conquistas, nossos direitos, e até mesmo nossos deveres, não nos foram dados de graça, foram conquistados por todos com muita luta e sacrifício.

No dia 29 de outubro de 1932, mais de cinco mil trabalhadores do comércio do Rio de Janeiro realizaram passeata em frente ao Palácio do Catete, sede do governo na época.

O então presidente Getúlio Vargas recebeu os trabalhadores na sacada do palácio e ouviu as reivindicações: redução da jornada (que era de 12 horas diárias) e direito ao Descanso Semanal Remunerado aos Domingos (DSR).

A partir dessa data, a Jornada de Trabalho passou a ser “três oitos”: 08 HORAS PARA O TRABALHO, 08 HORAS PARA O LAZER E 08 HORAS PARA DESCANSO.

Getúlio atendeu às reivindicações e ordenou que naquele mesmo dia fosse assinada a redução da jornada e a regulamentação da abertura do comércio, que resultaram no Decreto-Lei nº 4.042. Dia 30 de outubro foi publicado no Diário Oficial. Por isso, a data foi consagrada como o Dia do Comerciário.

Galeria de Fotos