sexta-feira, 17 julho
Sindicato avisa que supermercados de Rio Preto não abrem nos finais de semana

O Sincomerciários  informou aos comerciários e às comerciárias que, a partir deste final de semana e até o dia 30 de julho fica proibido o atendimento ao público em supermercados e hipermercados aos sábados e domingos, sendo permitidas as atividades internas e a adoção do sistema de entrega a domicílio (delivery). É vedado o drive-thru. As determinações estão em novo decreto que a Prefeitura publicou nesta semana, alterando o funcionamento desses estabelecimentos.

O decreto também proíbe a venda de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais do município entre às 20h e às 6h da manhã, de segunda a sexta-feira, e durante as 24 horas aos sábados e domingos.

O não cumprimento das novas deliberações causará autuação e multas.

Doença avança

As medidas emergenciais foram tomadas para combater as aglomerações, que continuam acontecendo em vários pontos da cidade e têm provocado o aumento dos casos da doença. O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, informou que as medidas são necessárias para salvar vidas, evitando um colapso no sistema de saúde. “Nosso foco continua sendo a saúde. As medidas tomadas são temporárias e esperamos que inibam as aglomerações, pois elas claramente estão contribuindo para que a doença se espalhe. Contamos com sua ajuda para voltarmos o mais rápido possível à normalidade”, acrescentou o prefeito.

“Estamos registrando um aumento de novos contaminados e pessoas internadas. A situação dos hospitais que atendem a cidade já está preocupante”, informou o secretário municipal de Saúde, Aldenis Borim.

Segundo o último boletim da Covid-19 da Vigilância Epidemiológica, Rio Preto registrou mais oito novos óbitos. Até ontem, 16 de julho, eram 5.258 pessoas contaminadas e 286 internadas em UTIs e enfermarias da rede de saúde da cidade.

Medida necessária

A presidente em exercício do Sincomerciários de Rio Preto, Selma Ferrassoli, comentou as novas determinações. “Para tentar conter o avanço da Covid-19 e diminuir os casos na cidade, o prefeito Edinho Araújo e o secretário da Saúde, Aldenis Borim, aplicaram novas medidas emergenciais importantes. Acredito que o fechamento dos supermercados e hipermercados nos fins de semana, além da restrição da venda de bebidas alcoólicas aos sábados e domingos, seja realmente necessário para o momento delicado que estamos vivendo. A situação está preocupante. Infelizmente, há muitas pessoas infectadas em Rio Preto e o número de mortes pela doença cresce a cada dia. Acredito que com esse decreto oficial, a população irá tomar os devidos cuidados. Mais do que nunca, é preciso que cada um faça a sua parte para juntos vencermos a pandemia”.