quinta-feira, 9 dezembro
NOTA DE REPÚDIO

COMERCIÁRIOS MERECEM RESPEITO E DESCANSO!

Sindicato tem que participar dos acordos sobre a abertura do comércio

 

O Sincomerciários, presidido por Márcia Caldas, vem a público repudiar mais esta ação da ACIRP “Liberdade de Empreender”, que obteve junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo, liminar que suspende a exigência de acordos coletivos de trabalho para funcionamento de atividades comerciais em Rio Preto. Ou seja, a decisão autoriza os empresários definirem livremente os horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, sem a presença efetiva do Sindicato e, tampouco, pelo cumprimento das normas previstas na Convenção Coletiva de Trabalho e acordos afins. A Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo (Fecomerciários), presidida por Luiz Carlos Motta, une esforços com o nosso Sindicato contra este absurdo!

 

DIREITOS

 

Reiteramos que NÃO somos contra o horário livre do comércio em nossa cidade, desde que a regulamentação da jornada de trabalho seja discutida com o Sindicato para que os direitos da categoria sejam respeitados, assim como a abertura de novos postos de trabalho.

 

DIÁLOGO

 

A Diretoria do Sindicato e o seu Departamento Jurídico estão ampliando as suas conversas com o legítimo representante do setor, isto é, o Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista de Rio Preto), que conta com o bom senso da sua direção de que é preciso seguir a Convenção Coletiva de Trabalho. Portanto, é ao Sincomércio que compete tratar de assunto tão polêmico e que prejudica comerciários e comerciantes.

 

FEDERAÇÃO

 

Com o mesmo objetivo de fortalecer as lutas comerciárias e atuar para que tal afronta (a exemplo da ACIRP), não se espalhe pelo Estado, capitaneados pelo presidente da Fecomerciários e Deputado Federal, Luiz Carlos Motta, contamos com o apoio e com a solidariedade das 12 Regionais da Federação, que agrupa os seus 71 Sindicatos Filiados. As nossas necessidades nos unem, ainda mais diante desse retrocesso.

 

CÂMARA

 

Já vencemos várias batalhas importantes, inclusive, recentemente, dentro da Câmara Municipal referente ao projeto do Plano Diretor (que autorizava o horário livre do comércio no município). Assim, seguiremos defendendo as condições de trabalho e a qualidade de vida dos comerciários, que fazem a nossa economia girar!

 

Márcia Caldas

Presidente