quarta-feira, 6 março
Sincomerciários se posiciona contra a MP 873

Parecer MP 873 Integra

 

Palavra de Márcia Caldas

 

Presidente do Sincomerciários, Márcia Caldas.

Em pleno Carnaval o governo baixa, na surdina, a MP 873. MP só é baixada quando é necessária urgência. Não é o caso. Ao baixá-la, o presidente Bolsonaro e seu ministro Guedes, desferem mais um golpe no sindicalismo, que já fora atingido com a reforma trabalhista. A urgência do governo, ao que parece, é asfixiar o sindicalismo dificultando a arrecadação junto à contribuição sindical, além de gerar despesas com as emissões dos boletos a serem enviados aos trabalhadores que assim desejarem.

A nossa resistência a mais este ataque já se vê na união das entidades para derrubar esta MP que é inconstitucional, tanto que ADIs já foram encaminhadas por algumas Confederações. A resistência também será realidade na Câmara dos Deputados. Nosso deputado federal, Luiz Carlos Motta, já declarou repúdio à MP 873 em Brasília. Outra alternativa é apresentar PECs. Considero a MP 873 uma covardia contra os sindicatos. O Sincomerciários de Rio Preto não se curvará diante dela.