quinta-feira, 16 maio
Sincomerciários vence ação em prol aos empregados da Empresa Tarraf, filhos & cia ltda

No ano de 1990, o departamento jurídico do Sincomerciários de São José do Rio Preto judicializou e venceu mais um processo em benefício dos empregados da empresa Tarraf, Filhos & Cia ltda. A ação teve como fundamento a reposição salarial do ano de 1990.
Os beneficiados foram os empregados com contratos ativos de março a outubro de 1990 e que deixaram de receber o piso normativo da época.
A ação foi julgada procedente, passando por todas as instâncias judiciárias trabalhistas.
Em novembro de 2018, após o esgotamento de todas as instâncias com recursos da empresa, tanto na fase de conhecimento como na de execução, a empresa se propôs a pagar o valor devido aos empregados na forma proposta pelo sindicato. Assim, o Sincomerciários fez a divulgação ampla e geral da lista de empregados em grupo do whatsapp de empregados desligados da Tarraf.

Resumo geral dos empregados: 

  • Número total de empregados beneficiados – 111 pessoas;
  • Número de pessoas já pagas – 84 pessoas;
  • Número faltantes –  27 pessoas.
    1- Adriana Neves
    2- Alessandro Eduardo Rondon C.
    3- Arlindo Trevisan
    4- Belchior Gonçalves dos Reis
    5- Brasilino Cesar de Campos
    6- Braz Francisco da Silva
    7- Carlos Frank
    8- Devair Tome da Silva
    9- Edison Antonio Basso
    10- Edmilson Francisco Xavier
    11- Francisco Ferreira Serafim
    12- Geraldo Freitas Jardim
    13- Gislaine Pimenta de Queiroz
    14- João Pinheiro Guimaraes
    15- Jose Ferreira Santiago
    16- Jose Soares Maciel
    17- Julio Cesar Desiderio
    18- Lucia Madalena de Souza
    19- Luiz Navazello
    20- Maria sonia Gonçalves
    21- Miguel Benites
    22- Miguel Thomaz da Silva
    23- Monica Rodrigues Alvares
    24- Valquiria Aparecida Ferreira
    25- Vera Lucia Seregni
    26- Wagner Candido de Souza
    27- Waldomiro Barrete

Os empregados que ainda não foram localizados devem procurar o departamento jurídico do sindicato com documentos e carteira de trabalho da época.
O Sincomerciários, a Justiça do Trabalho e o departamento de recursos humanos da empresa vêm trabalhando na localização dos empregados, sendo que tanto o RH quanto a secretaria do judiciário, ao localizar a pessoa, têm encaminhado os dados ao jurídico do sindicato para as devidas providências.