quarta-feira, 11 novembro
Sincomerciários é contra o horário livre que compromete os direitos dos trabalhadores

A prefeitura de Rio Preto protocolou o projeto do Plano Diretor na Câmara Municipal e o jornal Diário da Região divulgou, nesta terça-feira, 10 de novembro, uma matéria que aborda sobre o assunto em ênfase no momento. A proposta, que vai passar por audiência pública, antes de ir para votação na Câmara Municipal, altera mais de 400 leis aprovadas nos últimos 16 anos, dentre elas, o horário de funcionamento do comércio, que obriga o trabalhador a trabalhar aos sábados, domingos, feriados e horários noturnos sem o pagamento de horas extras.

O Sindicato dos Comerciários repudia a falta de segurança e desrespeito com os direitos dos trabalhadores que constam no plano diretor protocolado na Câmara Municipal na última sexta-feira, 6 de novembro de 2020, no artigo que se refere ao horário do comércio, onde, sem nenhuma necessidade, incluiu a liberdade no horário de funcionamento do comércio ao propor a revogação da lei municipal que trata do assunto.

O Diretor jurídico, Miltermai Sanches, destaca a preocupação da diretoria do Sincomerciários acerca do tema “O nosso Sindicato é contra o Plano Diretor no que se refere ao horário livre de abertura do comércio nos termos em que foi elaborado o artigo específico do assunto dos horários no projeto,  e pede o apoio dos comerciários na luta para combater tamanho absurdo.

Comerciário (a), ajude o sindicato na luta pela não aprovação do horário livre do comércio. Juntos somos mais fortes.

 

Matéria divulgada pelo Jornal Diário da Região

Matéria divulgada pelo Jornal Diário da Região em 10 de novembro.