segunda-feira, 13 abril
Acompanhe e receba o auxílio emergencial R$ 600

Mais de 26 milhões de pessoas já se cadastraram no site e no aplicativo da Caixa Econômica Federal para receber o auxílio emergencial de R$ 600, que chega a R$ 1.200 para mães que são chefes de família.

Só precisa se cadastrar quem não está no CadÚnico (cadastro único) nem no programa Bolsa Família.

Os beneficiários do Bolsa Família recebem automaticamente o auxílio emergencial se o valor for superior ao benefício assistencial. O pagamento será feito de acordo com o calendário regular do programa.

Os demais eleitos para receber o auxílio vão seguir o calendário de pagamentos da Caixa.

O pagamento será feito em três etapas. As duas primeiras serão em abril, e a terceira, em maio. Os primeiros a receber são os inscritos no CadÚnico, que não recebem Bolsa Família e têm conta-poupança na caixa ou conta no Banco do Brasil. Para estes beneficiários o depósito deve ser feito ainda hoje.

Saque

Ainda não é possível sacar os R$ 600 na boca do caixa. Por enquanto, o depósito do valor será feito diretamente na conta indicada pelo trabalhador. Não adianta ir a uma agência da Caixa, é preciso aguardar.

A Caixa deve divulgar hoje o cronograma de saques. Mas pela conta digital é possível transferir o valor para outra conta bancária.

SAIBA DETALHES | CORONAVOUCHER

  • O governo federal liberou nesta terça (7) o aplicativo e o site para trabalhadores informais e desempregados pedirem o auxílio emergencial de R$ 600
  • O benefício é destinado ainda a mães chefes de família, MEIs (microempreendedores individuais) e autônomos que estão sem renda devido à quarentena para combater a pandemia do novo coronavírus
  • O acesso ao aplicativo e ao site é gratuito e o único meio de se candidatar ao benefício emergencial

Quem tem direito ao benefício?

O cidadão maior de 18 anos que atenda a todos os seguintes requisitos:

  • Desempregado
  • Microempreendedor individual (MEI)
  • Contribuinte individual da Previdência Social
  • Trabalhador Informal
  • Pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 salários mínimos (R$ 3.135, neste ano)
  • Não ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70

Quem NÃO tem direito ao benefício?

  • Pertence a família com renda superior a três salários mínimos ou renda mensal por pessoa maior que meio salário mínimo (R$ 522,50)
  • Está recebendo seguro-desemprego
  • Está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família
  • Recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda.

Como se cadastrar

  • Quem não recebe Bolsa Família e não está inscrito no CadÚnico (cadastro único) tem que solicitar o auxílio emergencial
  • Há dois caminhos para pedir o benefício

1) Pelo aplicativo de celular CAIXA | AUXÍLIO EMERGENCIAL

  • Para celulares Android acesse pelo link encurtado https://bit.ly/2RmzD92
  • Para celulares Apple, acesse em https://apple.co/3b5Uqpn
  • Será enviada uma mensagem de texto para o celular informado. Este código deve ser digitado no aplicativo para o cadastro

Só é possível vincular um CPF a um número de telefone

2) Site auxilio.caixa.gov.br

 

 

Fonte: Agora